Dorme menos de 6 horas por noite? Estudo indica que você tem mais chances de ter problemas de saúde!
Dorme menos de 6 horas por noite? Estudo indica que você tem mais chances de ter problemas de saúde!

Dorme menos de 6 horas por noite? Estudo indica que você tem mais chances de ter problemas de saúde!

Um estudo divulgado no dia 14 de janeiro, no Journal of American College of Cardiology, mostra que quem dorme menos de seis horas por noite tem maior risco de desenvolver aterosclerose – um acúmulo de placas nas artérias por todo o corpo – em comparação com aqueles que têm sono considerado normal, ou seja, de sete a oito horas por noite.

A aterosclerose é uma doença vascular crônica e progressiva, que geralmente aparece em adultos e idosos. Trata-se de uma inflamação da camada mais interna das artérias, também chamada de túnica íntima – justamente a parte que fica em contato direto com o sangue.

Outros estudos feitos anteriormente já mostraram que a falta de sono aumenta o risco de doenças cardiovasculares, bem como favorecem os fatores de risco para problemas cardíacos – como alterações nos níveis de glicose, pressão arterial, inflamações e obesidade.

Considerados os fatores de risco tradicionais para doenças cardíacas, o estudo mostrou que os que dormem menos de seis horas têm 27% mais chance de ter aterosclerose em todo o corpo do que aqueles que dormem de sete a oito horas. E aqueles que têm um sono de má qualidade estão 34% mais propensos a ter a doença em comparação aos que dormem bem – o estudo avaliou a qualidade do sono considerando quantas vezes por noite a pessoa acordou e a frequência de movimentos enquanto estava dormindo.

Se dormir pouco pode ser ruim, exagerar também não é um bom hábito. Embora entre os participantes fosse pequeno o número daqueles que dormem mais de oito horas, os pesquisadores concluíram que esse comportamento também estaria associado ao aumento na aterosclerose, sobretudo no caso das mulheres.

Fonte: https://noticias.r7.com/saude/dorme-menos-de-6-horas-por-noite-estudo-indica-que-voce-tem-mais-chances-de-ter-problemas-de-saude-14012019