Abacate engorda! Será?
Abacate engorda! Será?

Abacate engorda! Será?

Fevereiro é o início da época do abacate que geralmente dura até abril. Esta fruta é conhecida como a manteiga da mãe natureza. Sim, o abacate tem 70% de suas calorias como gordura e ainda assim é um equívoco afirmar que abacate engorda.

Se você está surpreso por essa afirmação, é devido à compreensão errada que muitas pessoas têm referente ao consumo de gordura e ganho de peso. Vou te explicar por quê:

  • Muito semelhante ao óleo de oliva, o óleo de abacate também se destaca pela excelente qualidade nutricional. Por ser extraído da polpa dos frutos e pela similaridade de suas propriedades físico-químicas, alguns estudos apontam a iguaria como uma rica fonte de betassitosterol e de ácido oleico, uma gordura insaturada utilizada como coadjuvante no tratamento das dislipidemias (aumento de gordura no sangue e que pode gerar problemas no coração).
  • As gorduras vegetais não induzem o ganho de peso como fazem as gorduras “não naturais”. Abacates são ricos em gorduras naturais necessárias.
  • É impossível comer demais abacates por sua capacidade de saciar. Poucas pessoas conseguem comer mais de duas porções de abacate no dia devido a sua composição. É muito mais fácil comer um monte de pão branco e ganhar peso do que ganhar comendo abacates.
  • Os fitonutrientes presentes no abacate, recentemente descobertos em pesquisas científicas, são o betassitosterol e a glutatoína. O betassitosterol auxilia na redução dos níveis de colesterol, enquanto a glutatoína age como um antioxidante em defesa do organismo. Os antioxidantes ajudam o corpo a neutralizar a ação dos radicais livres, os quais têm sido apontados como um dos fatores responsáveis pelo desenvolvimento de doenças cardiovasculares e do câncer. O abacate é uma das melhores fontes de glutatoína e pode oferecer certa proteção contra o câncer oral, de garganta e outros tipos;
  • 26% da quantidade diária necessária de vitamina K, importante para a saúde dos ossos e do coração, 20% da quantidade diária necessária de ácido fólico, essencial para a formação de células sanguíneas na medula óssea, 17% da quantidade diária necessária de vitamina C, que fortalece o sistema imunológico, o coração, a pele e os olhos, 14% da quantidade diária necessária de vitamina B5, que ajuda a combater alergias, além de outros benefícios;
  • Pelo fato de ter menos carboidratos e açúcar comparado a outras frutas, o abacate pode ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue, graças à alta quantidade de fibras. Uma porção grande de uma refeição rica em fibras passa intacta pelo sistema digestivo e por isso estão menos propensas a causar um aumento dos níveis de açúcar no sangue. Pessoas com diabetes tipo 2 precisam incluir mais fibras na alimentação e o abacate é uma das melhores alternativas para isso.

Concluindo, é importante desfazer os mitos ao redor da gordura alimentar, e um deles é o que abacate engorda. Abacates não engordam, mesmo que sejam ricos em gordura, apenas tenha isso claro e aproveite esta fruta deliciosa cheia de nutrientes!

 

Mônica R. Pohlenz Stolarski é Nutricionista – CRN8 6467
Especialista em Nutrição Clínica e alimentação institucional.

Atende no antigo Filadélfia
Rua Mato Grosso, 640 – Centro
Marechal Cândido Rondon-PR
Fone: (45) 3284-7100

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *