Questão de atitude!!!

Com cada novo ano vêm as promessas: dar mais atenção aos filhos, iniciar uma academia, parar de fumar, emagrecer… enfim, sempre temos esta oportunidade, mas a época promete.
De acordo com uma pesquisa realizada pelo psicólogo britânico Richard Wiselman em 2007, a maior parte das promessas se refere a área da saúde, mas apenas 10% conseguem cumpri-las.
Não é de agora, que sabemos que alimentos gordurosos, muito doces, industrializados em geral não trazem nenhum benefício à nossa saúde.
Mas deixar hábitos de lado nunca foi uma tarefa simples, muito menos fácil. Segundo a psicóloga Ivana Robalinho, isso acontece porque “mudar um pensamento significa alterar formas de pensar, sentir ou agir diante de alguma situação ou aspecto da vida”. Ivana ainda acrescenta que mudanças, em qualquer área, são muito importantes porque desafiam a pessoa a crescer, mas não se trata de algo confortável.
O Ministério da Saúde lançou em 2014, o Guia Alimentar para a população Brasileira, este parte do princípio de que comer é mais do que apenas ingestão de nutrientes, mas também mostra as dimensões sociais e culturais das práticas alimentares. Os principais tipos de alimentos recomendados são in natura, minimamente processados, como frutas, verduras e legumes.
Aderir a um regime balanceado e saudável sai até mais barato. Estudantes de nutrição de Brasília, compararam os preços: alimentos processados para as 4 refeições é de R$24,77, já 4 refeições saudáveis ficou 52,2% mais barato, totalizando R$11,84. Em um mês a diferença no orçamento é de R$ 378,90.
Mesmo sabendo que isso afeta o bolso, mudar os hábitos alimentares não é algo que acontece de um dia para o outro. O segredo para alcançar uma mudança, é manter se motivado durante todo o processo.
E aí quem vai encarar o desafio?

 

Oito atitudes saudáveis para o novo ano

1 – Beba água, a ingestão de água, provoca uma diurese maior, favorecendo a eliminação de toxinas.
2 – Tome sol, ele ativa a vitamina D no organismo, responsável pela fixação do cálcio e do ferro nos ossos;
3 – Alimente-se corretamente: uma boa alimentação influencia na disposição durante o dia, precisa ser leve e balanceada.
4 – Respire fundo, o oxigênio é fundamental para vida.
5 – Pratique exercício físico, pois este alivia o stress e a ansiedade, ajuda a produzir serotonina e a controlar o peso;
6 – Descanse: Dormir, além de gostoso e relaxante, também previne obesidade, hipertensão, depressão, fortalece a memória e aumenta o desempenho físico;
7 – Pratique a ‘’temperança’’, já diz o ditado que tudo o que é demais faz mal, assim a temperança se aplica à tudo: à alimentação, exercícios, ao trabalho, ao sono e até mesmo ao lazer;
8 – Confie em Deus, para ter saúde completa, a confiança em Deus é imprescindível. A crença em Deus e a saúde estão interligados, então, mais que acreditar Nele, é importante ter um relacionamento com Ele.