Sobrepeso do Brasil

Estudos mostram que a cada três crianças brasileiras, uma está acima do peso. A obesidade avança em todos os países como uma epidemia, fato que fica ainda mais perceptível em países em desenvolvimento. Nestes países, segundo pesquisa do Overseas Development Institute, um dos principais centros de estudos da Grã-Bretanha, nos últimos 30 anos, o número de adultos acima do peso ideal ou obesos praticamente quadruplicou. Diante desse cenário, o relatório prevê um “grande aumento” de casos de diabetes, infartos, e de acidente vascular encefálico (derrame). E uma das principais causas do problema é o maior consumo de açúcar, de gordura animal e alimentos industrializados na dieta diária.
Para ter uma ideia, em em média, cada brasileiro consome 4kg de açúcar por mês, o que corresponde a 51 quilos por ano. Atualmente, muitas crianças brasileiras conseguem diferenciar um pimentão de um rabanete, uma manga de um melão, e só querem saber de fast-food e produtos semiprontos e industrializados, pobres em nutrientes essenciais e ricos em açúcar, sódio e calorias vazias.
Por isso, o Sempre Vida vem investindo no programa de promoção de saúde Quero Emagrecer, aprimorando-o a cada ano para conseguir melhorar cada vez mais seus resultados. Este ano os participantes do programa terão a oportunidade de ir para a cozinha aprender sobre o preparo de pratos saudáveis, obter dicas do ambiente da cozinha e sobre porções adequadas ao processo de reeducação alimentar.
Por outro lado, um pedido de longa data dos pais de beneficiários do Sempre Vida será atendido: Quero Emagrecer kids. Um programa de reeducação alimentar voltado ao público infanto-juvenil, com grupo de crianças de 08 a 12 anos e outro de 13 a 17 anos.
Ambas as versões os programas será aplicado pelas nutricionistas Keli Schäfer e Mônica Stolarski. A pela psicóloga Sandra Stenzel atuará no novo programa de reeducação alimentar. Enquanto a psicóloga Fátima Tonezer continuará trabalhando com o programa voltado ao público adulto. Dentre outras participações especiais, o Quero Emagrecer Kids contará com a participação da médica pediátrica, Dra. Caroline Bettoni.

Informações sobre os programas Quero Emagrecer e Quero Emagrecer Kids podem ser obtidas pelo fone 2031-0074. As inscrições são gratuitas e exclusivas para beneficiários Sempre Vida.

Quer saber mais sobre a necessidade urgente de mudança de hábitos de vida, especialmente no que diz respeito à alimentação?

O Ministério da Saúde tem uma série de publicações (cartilhas, guias e manuais) com orientações práticas sobre alimentação saudável para todas as faixas etárias, em linguagem simples e com acesso para download.

E o primeiro passo para essa mudança é se informar sobre o assunto.

Quero Emagrecer!

Este é um texto técnico que tem como propósito projetar o programa de prevenção de doenças do Sempre Vida, Quero Emagrecer.

O programa Quero Emagrecer é um programa de busca passiva, ou seja, mecanismo pelo qual o beneficiário Sempre Vida possui livre adesão para encontrar na reeducação alimentar e na prática de atividade física a busca pela melhora da sua qualidade de vida.

 

Programa “Quero Emagrecer!”

 

Assumir a visão estratégica de olhar para o futuro e apostar nas mudanças que o ambiente produz. Investir na elaboração de trabalhos preventivos, que tenham por objetivo minimizar os gastos do plano de saúde e, ao mesmo tempo, oferecer maior qualidade de vida ao usuário que faz parte de sua carteira de clientes são os ideais do Convênio Sempre Vida.

Segundo Manual Técnico Promoção da Saúde e Prevenção de Riscos e Doenças na Saúde Suplementar, 2ª Edição Revisada e Atualizada (ANS, 2007). “Ações de promoção e proteção da saúde são fundamentais para a reorientação dos modelos assistenciais, sendo uma estratégia de articulação transversal que objetiva a melhoria na qualidade de vida e a redução dos riscos a saúde, através da construção de políticas públicas saudáveis, que proporcionem melhorias no modo de viver”.

Em síntese, a sacada é assistir ao usuário antes dele chegar ao médico, o que evitará gastos com consultas, exames, internações ou até procedimentos mais complexos, que exigem dos recursos da estrutura do plano de saúde. Portanto, este programa pretende apostar na qualidade de vida e trabalhar com Prevenção de Doenças!

Esta campanha nasce com esta visão e parte do pressuposto de que é possível criar e oferecer um serviço ao usuário do plano de saúde Sempre Vida, que contribua para a prevenção de doenças e promoção a saúde.

“Quero Emagrecer!” é um programa desenvolvido em 18 módulos. A cada 21 dias os participantes se reunirão em grupos de até 30 pessoas. Em 12 destes encontros os participantes receberão orientações de nutricionistas sobre a alimentação saudável e mudanças de hábito que resultem na redução do peso. Nos outros 6 encontros um psicólogo abordará os estigmas do processo de emagrecimento e trabalhará o foco dos participantes no processo de reeducação alimentar.

Além dos encontros ordinários, acontecerão também palestras extraordinárias denominadas Palestras Magnas. Estes encontros têm como objetivo incorporar informações teóricas de profissionais de outras áreas – como médicos, educadores físicos, fisioterapeutas, etc – ao programa.

A partir da 5ª edição (2014), o profissional de educação física terá uma importância maior junto ao processo de emagrecimento. Estudos dos dados coletados nas edições anteriores mostraram que participantes que praticaram atividades físicas regularmente obtiveram resultados mais expressivos, enquanto os demais participantes tiveram resultados que variavam de levemente positivos a resultados negativos.

Foi então determinado pela coordenação do programa que a prática de atividade física pelos participantes deve ser de no mínimo duas vezes por semana em ambiente passível de controle. Ainda, a coordenação concordou em deixar em aberto a possibilidade dos participantes continuarem em suas práticas de atividades físicas particulares, desde que cumpram com as oferecidas pelo programa.

 

2 – Objetivo

                          A proposta do programa “Quero Emagrecer!” é minimizar os gastos do plano de saúde enquanto incentiva a adoção de uma alimentação saudável e prática de atividade física regular ao beneficiário Sempre Vida.

 

3 – Estratégia

                          Envolver as nutricionistas do “Sempre Vida – Centro Médico” num trabalho que atenda a grupos de pessoas com o interesse na proposta do programa, por meio de aulas que orientem aos participantes do programa a adotar hábitos saudáveis.

                          O processo de emagrecimento é algo que deve ir além da reeducação alimentar, e o próprio conceito de ‘programa de prevenção de doenças’ propõem a interdisciplinaridade como canal de execução. Portanto, um psicólogo trabalhará em aulas teóricas paralelamente as aulas aplicadas pelas nutricionistas, enquanto o profissional de educação física também atuará para que o objetivo da redução de peso do participante seja alcançado.

 

3.1 – Metas/O que esperamos?

 Melhorar a qualidade de vida através da adoção de hábitos saudáveis;

  • Reduzir no número de cirurgias bariátricas;
  • Reduzir doenças cardiovasculares através da adoção de hábitos alimentares saudáveis;
  • Reduzir a procura do usuário Sempre Vida aos consultórios médicos com problemas relacionados a obesidade (hipertensão, …);
  • Diminuir problemas ortopédicos e procedimentos cirúrgicos relacionados à obesidade (hérnia de disco, fibromialgia, artrose, artrite, …);

 

Sobre a Prática de Atividade Física

A partir da quinta edição do Programa Quero Emagrecer, o Sempre Vida passa a oferecer gratuitamente sessões de atividades físicas orientadas por profissional de educação física.

Na Clínica Sempre Vida de Fisioterapia a prática de atividade física acontecerá no espaço ao fundo da clínica, oportunizando ao profissional de educação física a liberdade de utilizar também as vias urbanas para, como por exemplo, fazer caminhadas, ou mesmo, aproveitar os ambientes que as praças públicas oferecem para estas atividades. Durante os dias de chuva, os participantes ocuparão o saguão da piscina da clínica para a prática de atividade física. As sessões de atividade física que tem como ponto de encontro e prática a clínica de fisioterapia. Nela as sessões acontecerão nas quartas e sextas feiras, das 18:15 às 19:15. Momentos e espaço que estão disponíveis para atender a todos os participantes do programa.

Já na AACC, a prática de atividade física acontecerá na sala de treinamentos (antiga academia da AACC). As aulas com o profissional de educação física acontecerão nas terças e quintas feiras, das 19 às 20 horas, momento que é destinado especificamente para os participantes que são colaboradores da Copagril.

 

Sobre a Aplicação do Programa Quero Emagrecer

A profissional de nutrição abordará o tema do módulo previsto no cronograma pré-estabelecido, de forma interativa e dinâmica. A expectativa é que seja possível levantar as questões do cotidiano dos participantes e detectar os motivos que contribuem para o ganho de peso, bem como, esclarecer dúvidas comuns e explicar sobre a importância da adoção de hábitos de vida saudáveis.

A estratégia é usar de informação para aproximar os pacientes da nutricionista para vencer o sobrepeso/obesidade e assim ensiná-los a lidar/confrontar (com) a situação a partir do autoconhecimento.

A abordagem que dará início à reeducação alimentar explicará as propriedades dos alimentos, seus benefícios, quantidade de cada alimento a ser consumida, bem como oportunizará a introdução de novos hábitos na dieta do participante.

O mecanismo eleito para ser o principal canal de interação entre os profissionais do programa e os participantes é o caderno/diário alimentar. Nele serão relatados os hábitos alimentares e sentimentos que os participantes têm em sua rotina. O diário será entregue de tempos em tempos para as nutricionistas, que farão observações e orientarão individualmente o participante por meio deste canal.

Quando for necessário, os profissionais do programa podem fazer contato por telefone, ou ainda, sugerir uma consulta para orientar o participante.

Nas aulas aplicadas pelas nutricionistas, as medidas antropométricas serão monitoradas. O peso de cada participante será monitorado a cada encontro. Já coleta dos demais dados antropométricos acontecerão a cada quatro encontros com as nutricionistas.

Todas as informações dos participantes do programa serão lançadas em uma planilha para que seja possível acompanhar a evolução do programa, bem como a definição do perfil dos participantes. Portanto, esta planilha servirá para análise da evolução individual e estatística do programa.

As nutricionistas e a psicóloga poderão recomendar aos participantes acompanhamento psicológico individualizado para tratar casos de ansiedade ou, ainda, se detectar que o participante é portador de distúrbios alimentares – neste caso, sem ônus para o participante. Também, poderá ser solicitado tratamento de acupuntura em casos em que as nutricionistas e/ou psicóloga que conduzem o programa entender que é o caminho apropriado para tratar de ansiedade do participante.